Fetaema realiza seminário “O agro é tóxico: o veneno que chega é o que mata”

Como uma das atividades da Semana do Meio Ambiente, a FETAEMA realizou, de forma virtual, o Seminário “O agro é tóxico: o veneno que chega é o que mata”, nesta terça-feira, dia 7 de junho.

Para tratar sobre a temática, o evento teve palestras com o advogado Diogo Cabral, assessor jurídico da Fetaema, com o professor da UFMA e doutor Joaquim Shiraish Neto, com o defensor público do Maranhão, Jean Nunes e com a assistente social da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, Roseane Dias.

A abertura foi feita pelo secretário de Meio Ambiente da Fetaema Antonio ‘Sorriso’ e pela presidenta da entidade Angela Silva, com saudações e lembrança sobre a importância da agricultura familiar e a preservação do meio ambiente.

No primeiro bloco os convidados expuseram suas falas sobre as questões relevantes do agrotóxico, que degrada o meio ambiente, a agricultura familiar e adoece os agricultores e as agricultoras. Em seguida, os presentes puderam fazer perguntas ou apontamentos e foi construída uma roda de debate sobre a temática.

Como encerramento, a secretária de Políticas Agrícolas Ligia Alves fez uma breve fala em despedida do encontro.

Também participaram a secretária de Mulheres Gersina Vieira, o secretário de Políticas Agrárias Edimilson Costa, a secretária de Políticas Sociais e Terceira Idade Nilvane dos Santos, e o secretário de Formação e Organização Sindical Jonilson Amarante.

Cerca de 150 pessoas – entre coordenadores das Regionais, presidentes e diretores dos Sindicatos das Regionais no Maranhão – estiveram presentes no seminário. 

Além disso, integrantes da RAMA, e outros secretários de políticas de meio ambiente, de questões agrárias, e de  jovens dos Sindicatos também compareceram.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.