NOTA PÚBLICA! JUSTIÇA PARA MARIA JOSÉ RODRIGUES E JOSÉ DO CARMO CORRÊA JÚNIOR

NOTA PÚBLICA! JUSTIÇA PARA MARIA JOSÉ RODRIGUES E JOSÉ DO CARMO CORRÊA JÚNIOR

9A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão- Fetaema vem a público manifestar seu imenso pesar pelas mortes de Maria José Rodrigues (78 anos) e José do Carmo Corrês Júnior (38 anos) e cobrar das autoridades constituídas uma efetiva investigação. As vítimas, mãe e filho, coletavam e quebravam coco quando foram mortas na tarde desta sexta-feira (12.11), na Comunidade Bom Lugar, município de Penalva-MA. De acordo com informações iniciais, as vítimas foram atingidas por palmeiras após um trator tê-las derrubado.

Esta região do Maranhão tem sido palco de intensos conflitos agrários e sobre o território Enseada da Mata, onde se localiza a comunidade Bom Lugar, o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu- MIQCB solicitou a criação de uma Reserva Extrativista (Resex).

Com profunda dor, lembramos a ocorrência de sete mortes de trabalhadores e trabalhadoras rurais em áreas de conflito agrário no Maranhão somente no ano de 2021.
Exigimos das autoridades competentes do Estado do Maranhão agilidade nas investigações destas mortes, para que não caiam na profunda sombra da impunidade que infelizmente permeia o meio rural maranhense, tendo em vista que nos últimos 30 anos, ao menos 150 pessoas foram assassinadas em razão de conflitos por terra e território, com pouquíssimos casos levados a julgamento no âmbito do Poder Judiciário estadual.

Reiteramos a necessidade de criação de uma força tarefa interinstitucional de enfrentamento à violência no campo pelo Governo do Estado do Maranhão, para que coordene ações integradas de regularização fundiária/ titulação de territórios quilombolas, combate ao desmatamento, investigações criminais céleres e proteção de pessoas ameaçadas nas áreas de maior tensão social acompanhadas pela Comissão Estadual de Prevenção à Violência no Campo e na Cidade-COECV.

Consideramos que acesso à terra é um direito de todos e todas, e afirmamos nosso compromisso com a luta dos trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares do Maranhão. Seguiremos denunciando, mobilizando e apoiando a luta camponesa em nosso estado.

São Luís-Ma, 13 de novembro de 2021

Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão – FETAEMA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.