Sobre n├│s

A Federa├ž├úo dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Maranh├úo – FETAEMA, comp├Áe o Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) que est├í estruturado em entidades no ├ómbito nacional (CONTAG), estadual (FETAGs – no Maranh├úo a FETAEMA) e municipal (Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais).

Constitu├şda no ano de 1972, no dia 2 de abril, a FETAEMA surge no per├şodo do regime da ditadura militar, ├ępoca em que os movimentos sociais e de trabalhadores(as) do campo e da cidade eram violentamente reprimidos pelo estado brasileiro.

Desde ent├úo, a Federa├ž├úo tem um papel destacado nos grandes debates em n├şvel estadual e nacional sobre agricultura familiar, previd├¬ncia social, assalariados(as) rurais, conflitos agr├írios, dentre muitos outros. Hoje, a FETAEMA ├ę composta por 215 Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e conta com mais de 4.000 delegacias sindicais.
Os desafios que se imp├Áem ao povo do campo s├úo muitos, particularmente quando testemunhamos o modelo de desenvolvimento conservador e concentrador de terra que toma conta do espa├žo rural maranhense.
 

A estrutura organizativa da FETAEMA tem a finalidade de potencializar a luta sindical a partir da implementa├ž├úo das pol├şticas estruturantes do Projeto de Desenvolvimento Sustent├ível e Solid├írio (PADRSS).

Assim, os espa├žos de reivindica├ž├Áes criados pela FETAEMA e por todo o MSTTR, ao longo do PADRSS, como o Grito da Terra Maranh├úo, Marcha das Margaridas e Festival da Juventude s├úo fundamentais no processo de disputa de projetos pol├şticos de desenvolvimento.

Frentes de Luta

Para consolidar a sua luta permanente contra o modelo de desenvolvimento excludente, concentrador de rendas e de riquezas, a FETAEMA vem mobilizando a classe trabalhadora rural maranhense para consolidar o Projeto Alternativo de Desenvolvimento Sustentável e Solidário, priorizando as seguintes frentes de luta:

Diretoria