Campanha Contra a Violência no Campo elabora carta compromisso a candidatos e candidatas

 

A “Campanha Nacional Contra a Violência no Campo: em defesa dos povos do campo, das águas e das florestas” foi lançada oficialmente em agosto deste ano, em Brasília, reunindo diversas organizações. A Fetaema foi uma das entidades que aderiu à campanha.

A partir dela também foi lançada uma carta de compromisso aos candidatos e candidatas nas eleições de 2022. A construção se mostrou necessária, por conta de um cenário de agravamento da violência no campo.

A carta contém compromissos como a realização da reforma agrária, demarcação de terras indígenas, titulação das comunidades e ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. Além disso, cobrando celeridade nas ações judiciais que investigam crimes contra os povos do campo, das águas, e também de defensores e defensoras de direitos humanos.

O documento também pede outros tipos de compromissos dos candidatos e candidatas às eleições deste ano.

Campanha no Maranhão

No Maranhão, a Fetaema, representada pelo secretário de Políticas Agrárias, Edimilson Costa, participou do lançamento da campanha no município de Caxias, no dia 9 de setembro.

Na ocasião, o diretor reafirmou o compromisso da FETAEMA na defesa dos povos do campo, das águas e das florestas.

Além da Federação, a campanha já conta com 14 entidades no estado. Também estiveram presentes, no lançamento, comunidades quilombolas, indígenas, trabalhadores rurais, movimentos sociais, STTR de Caxias e pastorais sociais da igreja Católica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.